Presidente chama ex-Ministro de Judas

O presidente Jair Bolsonaro criticou novamente o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. De forma dura, ele fez insinuações de que Moro o teria traído, pois não levou adiante as investigações sobre a facada dada no presidente por Adélio Bispo. Pelas redes sociais, o Presidente publicou um vídeo em que uma pessoa diz ter identificado vozes de outras pessoas que falariam com Adélio no momento do crime e aproveitou para chamar o ex-aliado de Judas.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.