Homicídios em Itabuna, Coaraci e Pau Brasil

Um usuário de drogas, ainda não identificado, mas conhecido como Galinha Podre, foi executado a tiros dentro da feira do bairro Califórnia, na noite deste domingo (19). A motivação pode ser dívidas com traficantes do DMP do Alto do Cuzcuz que dominam também a área da Feira e ruas próximas como Samuel Tomas, Ladário, Vitória e Brasília. Foi o 4° crime em Abril. Itabuna já registra 40 homicídios + 14 bandidos mortos = 54 mortes violentas em 2020. Em Coataci, o detento do regime semi-aberto, Rubinaldo Moreira Filipe (Doe) foi assassinado a tiros. O crime aconteceu na rua XV de Novembro, bairro Jardim Cajueiro. Ele bebia em frente a residência onde morava, quando atiradores passaram pelo local e atiraram várias vezes. Rubinado tinha ligação com o crime organizado, tendo, inclusive, cumprido pena no Conjunto Penal de Itabuna. Ele utilizava uma tornozeleira eletrônica quando foi executado com seis tiros de revólver de calibre .38. Moradores da cidade disseram que Rubinaldo estava tocando o terror, ameaçando moradores e agindo diretamente em favor do tráfico de drogas. A Polícia Civil investiga o caso. Em Pau Brasil, Welles dos Santos Alcântara, 20 anos, foi assassinado a tiros em uma fazenda localizada na zona rural do município. Testemunhas afirmaram que o assassino foi o próprio cunhado da vítima, após desentendimento entre os dois. Após o crime ele fugiu, deixando a espingarda utilizada para matar Welles.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.