“Bonde do Alicate” volta a agir em Itabuna e homem é assassinado no bairro de Fátima, desta vez mira laser ficou para trás


Um homem foi assassinado com mais de 30 tiros de arma de fogo, na madrugada desta terça-feira (11), no bairro Fátima na cidade de Itabuna. A vítima da vez foi Eufrásio Júnior Silva Pinto Lages, 24 anos, popularmente conhecido como Pipo. Ele foi executado em um apartamento, no primeiro andar, localizado na Rua Ribeirão, naquele bairro. De acordo com os peritos da Polícia Técnica, acionados por volta das 04h, armas de diversos calibres foram utilizadas para alvejar a vítima, dentre elas, pistolas .380, .40, revólver .38 e espingarda .12. No momento em que os assassinos chegaram, a vítima dormia, junto com a companheira, que é menor de idade. De acordo com os relatos dela, eles foram surpreendidos por três homens invadindo a residência.
Outros três teriam ficado do lado de fora, dando cobertura. O casal morava no local há cerca de três meses. A mãe da companheira de Pipo esteve no local do crime. A adolescente ficou em estado de choque. Ela foi trancada em um quarto, antes de os criminosos executarem Pipo, com requintes de crueldade. Além das cápsulas utilizadas, os peritos também encontraram no local do crime uma espécie de mira a laser.
Ela estava debaixo do corpo da vítima, ainda ligada, dando a indicação de que a vítima tentou segurar a arma de um dos executores. Para ter acesso à casa, a porta do primeiro andar foi arrombada, e o cadeado cortado com alicate hidráulico, algo que já ocorre com frequência nos crimes de homicídios em Itabuna. Vale ressaltar que Pipo já tinha passagens pela polícia.





0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.