Segundo homicídio de 2020 em Itabuna

Rádson Souza Brito (Neném), baleado cinco vezes ontem na rua da Palmeira, bairro Califórnia, morreu na manhã desta quinta feira (2), no Hospital de Base de Itabuna. Ele já teria sofrido outra tentativa de homicídio há alguns anos. A vítima foi surpreendida por três atiradores que invadiram sua casa. Foi o 2° homicídio em 2020 em Itabuna e o 3° da 6ª Coorpin, já que em São João do Paraíso (Mascote), Jerônimo Barbosa, 22 anos, foi assassinado pela esposa, de prenome Fabiana, 24 anos. O crime aconteceu ontem a noite. A assassina matou o companheiro com com golpes no pescoço, provocados por vidros do espelho que ela havia quebrado. A mulher foi presa em flagrante tentando fugir. A assassina está à disposição da Justiça no Complexo Policial de Itabuna antes de descer para o presídio. Ainda no Hospital de Base, Alan Gomes Félix, 25 anos, foi esfaqueado pela esposa, cujo nome não foi divulgado. O curioso é que a companheira que o feriu, acompanhava a vítima até a liberação deste.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.