Itabuna, segunda mais violenta da Bahia por taxa de homicídios

Mesmo com uma redução de 17% e há 13 dias sem homicídios, Itabuna sempre figura no topo do ranking da violência. Desta vez a pesquisa indica as cidades mais violentas do interior baiano em 2019 por taxa de homicídios (foram excluídos as mortes decorrentes de confronto com a polícia, Salvador e cidades da região metropolitana). Em 2019 Itabuna já registrou 88 assassinatos e 11 bandidos mortos em confrontos. 

Vamos ao ranking: 1° Feira de Santana taxa de 45,5 mortes por 100 mil habitantes e 273 assassinatos em 2019; 2° Itabuna taxa de 44,0 mortes por 100 mil habitantes e 88 assassinatos no ano; 3° juazeiro taxa de 40,5 mortes por 100 mil habitantes e 81 assassinatos; 4° Valença taxa de 36,0 mortes por 100 mil habitantes e 33 assassinatos; 5° Ilhéus taxa de 30,0 mortes para cada 100 mil habitantes e 59 assassinatos; 6° Santo Antônio de Jesus taxa de 27,5 mortes para cada 100 mil habitantes e 27 assassinatos; 7° Vitória da Conquista taxa de 25,0 mortes para cada 100 mil habitantes e 100 assassinatos; 8° Paulo Afonso taxa de 24,0 mortes para cada 100 mil habitantes e 24 assassinatos; 9° Teixeira de Freitas taxa de 23,0 mortes para cada 100 mil habitantes e 53 assassinatos e em 10° Alagoinhas taxa de 15,0 mortes para cada 100 mil habitantes e 39 assassinatos.

A maioria dos crimes contra a vida nas cidades baianas tem ligação com a guerra do tráfico de drogas. Itabuna tem duas facções criminosas denominadas Raio A e DMP que há anos brigam por território e esta guerra causou a morte de vários inocentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.