ACUSADA DE CHEFIAR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA É TRANSFERIDA DE SÃO PAULO PARA A BAHIA

Policiais civis desembarcaram, na tarde desta sexta-feira (27), em Salvador, com Jasiane Silva Teixeira, mais conhecida como “Dona Maria”. Ela é acusada de comandar uma organização criminosa em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. A suspeita foi escoltada por equipes do Grupamento Aéreo da PM e dos departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Polícia do Interior (Depin). Considerada pelas forças do Estado como a maior traficante do estado e ocupante da carta “Dama de Copas” do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, ela foi capturada por policiais baianos do Draco, Depin e inteligências da Polícia Civil, Mogi das Cruzes, em São Paulo. De acordo com a polícia, “Dona Maria” é uma liderança de uma organização criminosa e suspeita de ser a responsável direta por dezenas de homicídios, roubos, tráfico de drogas e armas, além de corrupção de menores. Em Salvador, ela prestará depoimento para equipes do Draco, que não divulgou com a prisão de destino da acusada. O diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, afirmou que “estamos concluindo uma primeira etapa que consistia na captura da líder da organização criminosa. Nos próximos passos chegaremos aos comparsas já identificados”.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.