Homicídios diminuíram 66,7% em julho em Itabuna


Após o mês de junho ter sido um dos mais violentos do ano, julho apresentou uma grande redução de crimes contra a vida. Foram 5 homicídios em 2019 contra 15 em julho de 2018. Vamos ao comparativo de julho dos demais anos: 2013- 5 homicídios; 2014- 13; 2015- 10; 2016- 10 e 2017- 5.

Nesse mês de julho todas as vítimas executadas foram homens (2 adolescentes entre 12 a 18 anos entre estes). O bairro Nova Itabuna foi o mais violento de julho com 2 mortes. Os crimes de repercussão no mês passado: Robert (Robinho) que era integrante do DMP, assassinado dentro de casa por um homem vestido de preto no bairro Corbiniano Freire (Pau Caído); o adolescente Abraão executado em plena praça de esportes da Beira Rio por membros da facção Raio A e Rafael (Notebook) executado dentro de um lava-jato no bairro Nova Itabuna. 

Itabuna já contabiliza 71 homicídios e 9 mortes em confronto com as forças policiais em 2019, totalizando 80 mortes violentas, deixando a cidade com uma taxa de 40 mortes para cada 100 mil habitantes, uma das mais altas do país.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.