Acusado de matar ex-prefeito de P. Brasil está no banco de réus

Teve início na manhã desta terça-feira (13), no Fórum Desembargador Antonio Calos Souto, em Camacan, o Júri popular que colocou no banco dos réus, Welington Uatson Araújo, 31 anos. Pesa contra ele acusação de ter matado o ex-prefeito de Pau Brasil, Marco Rocha. O crime ocorreu no dia 24 de janeiro de 2017, por volta das 10: horas, quando a vítima estava na porta de sua residência, à rua 2 de Julho centro de Camacan. O plenário do Júri é presidido pelo juiz Felipe Remonato. A acusação é impetrada pelo Promotor de Justiça, Pedro Paulo de Paula Vilela Andrade. Assistentes de acusação: Advogado Genádio de Andrade Neto e Gutemberg Passos. A defesa está sendo feita pelos advogados Cosme Reis e Marcos Paulo Alves. Entre as 15 pessoas escolhidas, 7 foram sorteadas para compor o Júri. A Promotoria está trabalhando com a convicção que o réu estava no local do crime e sua tese implica na condenação de Welington. Cosme Reis, advogado de defesa disse o ao portal O Tempo Jornalismo, que a Promotoria pública deve absolver seu cliente, porque não existem provas suficientes, apontando que ele estivesse no local no dia que o crime ocorreu e destacou que ele não tem participação na morte do ex-prefeito.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.