Pedido de impeachment do prefeito Fernando Gomes é negado pelos vereadores


Um estudante de direito, morador de Itabuna, protocolou um pedido de Impeachment do prefeito Fernando Gomes e foi surpreendido nesta semana, quando a câmara de Vereadores rejeitou o pedido em uma votação que, segundo o estudante, não teve divulgação.

O autor do pedido, Emanuel Junior, 22 anos, afirmou que queria defender sua tese em plenário, mas não sabia da votação, sendo informado por um vereador de última hora. O pedido foi embasado no descumprimento orçamentário, com atraso do duodécimo da câmara de vereadores, o que configura crime de responsabilidade, impedimento do trabalho de outro poder. 

Eram necessários 11 votos para continuidade do processo de cassação, sendo que o presidente não vota. O processo teve cinco votos favoráveis, onze contrários e quatro abstenções. 

Veja como votou cada vereador:



Votaram a favor da abertura do processo

  • Charliane Souza (PTB) 
  • Chicão da Saúde (PTB) 
  • Enderson Guinho (PDT) 
  • Júnior Brandão (PT) 
  • Jairo Araújo (PCdoB) 

Votaram contra a abertura do processo

  • Aldenes Meira (PSB) 
  • Alex da Oficina (PTC) 
  • Antônio Cavalcante (MDB) 
  • Beto Dourado (PSDB) 
  • Manoel Júnior (PV) 
  • Milton Gramacho (PRTB) 
  • Nel do Bar (PPS) 
  • Pastor Francisco (PRB) 
  • Robinho (PP) 
  • Ronaldão (PMN) 
  • Zico (PTC) 
Vereadores não presentes 

  • Baba Cearense (PSL) 
  • Júnior do Trator (PHS)
  • Chico Reis (PSDB) 
  • Ninho da Saúde (PR

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.