Itabuna está entre as cidades baianas com maior número de casos do vírus HTLV

 

A Bahia é o estado com o maior número de casos do vírus HTLV no país. A infecção afeta cerca de 135 mil pessoas no estado e pode provocar dificuldade de locomoção e até leucemia. As cidades baianas com maior incidência são Barreiras, Salvador, Itabuna e Ilhéus. 

O HTLV é o vírus linfotrópico da célula T humana e não tem cura, mas há tratamento. Ele é da mesma família do vírus HIV, e possui as mesmas formas de contágio: relações sexuais sem proteção, uso de agulhas e seringas contaminadas, além do aleitamento materno. A grande incidência no estado foi descoberta a partir de uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que analisou testes realizados no Laboratório Cetral de Saúde Público (Lacen). Os dados foram colhidos em 379 municípios, de 2003 a 2014. 

A pesquisa mostra que, a cada 100 mil habitantes, 14 estão infectados. Esse número corresponde a quase 1% da população baiana, que é cerca de 130 mil pessoas. Barreiras lidera o número de infectados: quase 25 pessoas a cada 100 mil examinadas. Em seguida está Salvador, com quase 23 e a região de Itabuna e Ilhéus, com 22,6.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.