MANGABEIRA CORREU DA CÂMARA

Correndo da Câmara, Mangabeira armou sua própria "cama de gato"!
Primeiro o presidente do PDT de Itabuna, Antônio Mangabeira, correu Itabuna afora para distribuir um panfletos, denunciando um “esquema” envolvendo vereadores e o prefeito para vender a EMASA. E hoje à noite ele correu da Câmara, onde deveria ter comparecido para explicar aos parlamentares as denuncias que fizera. Mesmo tendo sido convidado e sabendo da sessão na Câmara, Mangabeira não compareceu sob alegação de não ter sido convidado oficialmente, embora o convite tenha sido público e amplamente propagado pela imprensa. Em carta enviada ao presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo Xavier (Cidadania) hoje, terça-feira (09), instantes antes do início da sessão, Mangabeira alegou que não recebeu o “suposto convite, e aguardou até o último momento, sem sucesso.” No término da sessão os vereadores decidiram acionar Mangabeira na justiça. O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), já havia declarado que também vai processar o pedetista e se mostrou indignado com as insinuações de que está tendo malandragem no projeto de venda da EMASA. Ao se recusar participar dessa sessão, o prefeiturável Antonio Mangabeira deu uma demonstração de frouxidão e covardia, que são incompatíveis à conduta de quem se dispõe a protagonizar a função de "guardião do povo itabunense" e com esta atitude o que se supõe, é que a denuncia só teve propósito de encenar uma ópera-bufa!

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.