Itabuna é a 3° cidade do interior baiano com mais homicídios


Feito um mapeamento dos homicídios nos municípios do interior baiano em 2019, vemos que cidades pequenas aparecem no topo e, que cidades já conhecidas pelo histórico de assassinatos, não deixam a desejar. Vamos a lista que exclui Salvador e cidades da região metropolitana. São dados de 1° de janeiro a 1° de abril: 1° Feira de Santana 72 homicídios; 2° Juazeiro 39; 3° Itabuna 29; 4° Vitória da Conquista 26; 5° Itamaraju 18; 6° Porto Seguro 17; 7° Teixeira de Freitas 16; 8° Ilhéus 11; 9° Valença 10 e em 10° Itajuípe e Eunápolis 9 homicídios cada.

Esses dados mostram que cidades pequenas com menos de 100 mil habitantes vem se destacando nos altos índices de assassinatos. Em Itamaraju, a violência vem crescendo cada vez mais. O município localizado no extremo sul baiano tem 65 mil habitantes e está vivendo dias difíceis causados pela guerra de facções criminosas oriundas de Teixeira de Freitas. 

Valença, no baixo sul baiano, com 95 mil habitantes e Itajuípe no sul da Bahia com 21 mil, também se destacam negativamente no ranking ocupando o top 10 da lista. As duas cidades vivem em guerra pois as facções oriundas de Itabuna tentam o domínio dessas localidades. 

Por sua vez, Itabuna com 212 mil habitantes conseguiu o feito de ultrapassar até este momento Vitória da Conquista no sudoeste da Bahia que conta com 339 mil pessoas e, que esse ano, apresentou uma grande redução no número de homicídios. Itabuna sempre esteve a frente de Conquista nos mapas da violência pelo fato de ter menos habitantes, mas Conquista sempre registrava mais mortes que aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.