CUMA JUDIA DEMAIS DOS POBRES

Não há só seguimento em Itabuna, que não esteja sendo
prejudicado pela gestão muito ruim do prefeito Cuma!
A truculência do prefeito Fernando Gomes (Cuma), está fazendo mais vítimas em Itabuna. Dessa vez, Cuma mandou derrubar barracas de lanches construídas em uma área próxima ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, no bairro Nossa Senhora das Graças e as ordens do prefeito é para guardas civis municipais e policiais militares retirarem as barracas á qualquer custo e rechaça qualquer tentativa de resistência dos seus proprietários. Eles acusam Cuma de perseguição política, por que entre os comerciantes ali, existem dois que fazem oposição sistemática ao prefeito. Na manhã de ontem, terça-feira (09), fiscais da Vigilância Sanitária, agentes da Secretaria Municipal de Sustentabilidade Econômica e Meio-Ambiente, com apoio de forte aparato policial, tentaram derrubar as barracas, mas os comerciantes fizeram uma barreira humana em frente aos seus estabelecimentos comerciais e não deixaram que as máquinas fizessem a derrubada, sob alegação de que trabalham há anos no local e que possuem escritura de doação dos terrenos do proprietário. Os comerciantes informaram, que durante muito tempo conseguiram o alvará da Vigilância Sanitária, mas nos últimos meses tiveram a renovação da autorização dificultada. O prefeito Cuma alega que os donos das barracas não tinham autorização para a construção na área e que os estabelecimentos não possuem alvará de funcionamento. A energia elétrica e o fornecimento de água já foram interrompidos e a tensão está deixando os comerciante com os nervos à flor da pele, pois com essa ação truculenta de Cuma, eles ficarão sem trabalho para sustentarem seus filhos.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.