Suspeitos presos em Cândido Sales tinham estufa de maconha dentro de casa


FOTO: SSP/Ba



Dois homens foram presos nesta quarta-feira (13) em Cândido Sales, no sudoeste, após a polícia descobrir uma estufa de maconha na casa dos suspeitos. Segundo a Polícia Civil, a droga era vendida para várias regiões do Brasil e de outros países, incluindo a China. Um bancário e o comparsa dele foram detidos.
De acordo com a polícia, a dupla colocava a droga em potes de suplemento alimentar para entregar aos clientes sem levantar suspeitas. Os suspeitos foram identificados como Paulo César Favila Cardoso Junior, que seria dono da maconha, e Jessé Novaes Dias, apontado como ajudante. A droga era cultivada no apartamento da dupla, situado na cobertura de um condomínio localizado no bairro Centro Lagoinha. Depois de colhida, a maconha era comercializada em Vitória da Conquista, na mesma região.
“Eles mantinham um alto controle de qualidade através de tecnologia. Lâmpadas de led eram usadas para manter a temperatura e foi montado, também, um sistema de irrigação e adubação automáticos que controlavam clima e condições do solo” detalhou o delegado Rélder Andrade. A dupla e os materiais encontrados no apartamento foram encaminhados para a sede da DT da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.