Policial atira em mecânico por não estar satisfeito com serviço e é preso em flagrante


Um policial militar foi preso após balear um funcionário de uma loja de reparos em radiadores automotivos, após uma discussão dentro do estabelecimento, que fica na Avenida Vasco da Gama, em Salvador. Conforme a Polícia Civil, o PM ficou insatisfeito com o serviço prestado pela vítima e voltou para fazer uma reclamação, discutiu com o funcionário e atirou nele. O policial foi preso minutos depois.
De acordo com informações do posto policial da Polícia Civil no Hospital Geral do Estado (HGE), o caso aconteceu na segunda-feira (11). O PM, lotado no 18º Batalhão da Polícia Militar, que fica no Pelourinho, deixou o carro para o conserto depois voltou ao estabelecimento para buscar o veículo. Ao chegar em casa, ele não ficou satisfeito com o serviço prestado e voltou para o local, fardado e armado.
Segundo a polícia, a discussão começou após o policial encontrar Célio Perpétuo Soares, de 54 anos. O funcionário foi atingido no tórax e na perna. Célio Perpétuo foi socorrido e levado para o HGE, onde está internado.
Em nota, a PM informou que o policial foi preso em flagrante por uma guarnição da 14ª CIPM, que estava passando pelo local. Ele foi encaminhado para a 7ª delegacia e será conduzido para a Corregedoria da PM. O caso é investigado na delegacia do Rio Vermelho

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.