Jussari registra 4º homicídio em 48 horas; vítima é de Itabuna

A guerra entre os Raios A, B e Dmp está longe de um fim em Jussari. A pequena cidade do Sul da Bahia registrou o 4° homicídio em 48 horas. A vítima da vez é um morador de Itabuna, identificado apenas como Mardes, que era pertencente a facção Dmp. Jussari está na mira das facções Raio A e Dmp que querem expulsar o Raio B, facção que comanda a cidade e está extinta em Itabuna. Foi 4° homicídio em 2019 em Jussari, número maior que todo o ano de 2017 e 2018 que registrou três. É o 38° homicídio na área da 6ª Coorpin de Itabuna, em 2019. Já em Itabuna, Paulo Roberto Martins, 24 anos e Gilberto Martins, 26, tio e sobrinho, foram baleados na porta de casa no bairro Mangabinha, Paulo foi baleado na perna. Já Gilberto está em estado grave, pois sofreu três tiros na cabeça e um na cervical. Possivelmente Gilberto era o alvo dos atiradores pois existe a suspeita de um possível relacionamento dele com Daniele, morta ontem (16), no bairro Lomanto. Um detento, namorado dela, teria ordenado o ataque.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.