Quatro homicídios em Teixeira em menos de seis horas


Na tarde desta terça-feira (29), aconteceu o quarto homicídio em Teixeira de Freitas, no intervalo de seis horas. O fato aconteceu na rua Pedro Alves dos Santos, bairro Jerusalém, dentro de uma oficina de motos. Edmilson Reis dos Santos (Teté da Oficina), 46 anos, (foto), foi morto com um único disparo de arma de fogo, que o atingiu na parte de baixo do seu braço esquerdo, próximo ao coração. Populares disseram que um veículo Golf prata, de placas não anotadas, estacionou com dois homens, sendo que o carona, que estava com uma toca ninja, desceu do carro com uma arma em punho e foi em direção à vitima, que correu para os fundos da oficina, sendo alcançada e executada. Mais cedo, na rua Camborja, bairro Liberdade II, Pedro Henrique Fernandes de Oliveira, 17 anos, morador do mesmo do local, foi executado a tiros. Foi o segundo assassinato do dia. De acordo com informações de populares, a vítima estava andando na rua, quando dois homens em uma moto, se aproximaram. O carona desceu atirando e, após acertar o alvo, os criminosos fugiram sem deixar pista. O primeiro homicídio desta terça sangrenta em Teixeira, ocorreu ao meio dia rua Canadá, no bairro liberdade l. Rian Lima Rocha, 17 anos, foi morto com oito disparos de arma de fogo de calibre .40, por dois homens que estavam em uma moto Fan preta, que gritaram pelo seu nome. Ao ver os atiradores, a vítima saiu correndo, entrado na rua Canadá. O adolescente tentou pular um muro, mas, foi alcançado e atingido pelos tiros, que acertaram as costas e a cabeça. O quarto homicídio foi na rua Beira Rio conhecida como Biquinha no bairro Teixeirinha. José Carlos Nascimento, 42 anos, foi morto com dois tiros de pistola .40. Ele estava sentado em um banco na rua quando os atiradores surgiram. Após um mês calmo, com apenas um homicídio, Teixeira de Freitas volta a viver uma guerra desenfreada. A cidade chegou a cinco homicídios em 2019. A delegacia de homicídios investiga os casos para ver se tem uma possível ligação com a tentativa de homicídio ocorrida contra o policial da Cipe Mata Atlântica no centro da cidade ou se é briga de facções criminosas da cidade. 

(Liberdade News)

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.