Ilheenses eleitos presidente e vice do Sindpoc

O investigador de polícia, Eustácio Lopes e o perito Técnico, Diego Messias, ambos lotados em Ilhéus, foram eleitos Presidente e 2° vice-presidente, respectivamente, do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc). A eleição ocorreu neste sábado (10), e a apuração foi finalizada na noite deste domingo (11). Encabeçando a Chapa 1, denominada Chapa União, Força e Transparência, Eustácio e Diego enfrentaram mais duas chapas e teve uma vitória expressiva, conquistando 47% dos votos totais e mais de 52% dos votos válidos, consolidando a vitória. Eustácio Lopes, após apuração, afirmou que este é o momento de afinar o diálogo com o Governo do Estado da Bahia visando discutir as pautas. “Nossa categoria ficou bastante fragilizada por conta da negativa do governo do estado desautorizar o secretário de segurança pública em discutir propostas salariais sob alegação de crise nacional. Por conta disso, todos servidores públicos, inclusive nós policiais civis ficamos como um dos piores salários da federação.” De acordo com o presidente eleito, foram realizados vários atos de mobilização e conscientização da categoria encabeçada em sua maioria pelos policiais do interior, pressionando o governo a negociar. “Visitamos quase todas as coordenadorias e delegacias da capital e interior e constatamos de perto as péssimas condições de trabalho a que estão submetidos os policiais civis. É uma vergonha!”, reclamou. Em entrevista ao site iPolítica, Eustácio expôs as principais pautas da categoria: Lutar pelo piso nacional da Polícia Civil; Lutar pela reestruturação Salarial da Polícia Civil (novo plano de cargos e salários); Reconhecimento legal do Perito Técnico (perito papiloscopista) como perito oficial; Lutar pela regulamentação do Conselho Superior da Polícia Civil, com assento e voto dos Investigadores, Escrivães e Peritos Papiloscopistas, que participarão da gestão da Polícia Civil; Eleições diretas para escolha do Delegado Geral e Diretor do DPT; Descentralização do jurídico do Sindpoc (Escritório jurídico em todas às Coorpins); Discutir a implementação do Ciclo Completo da Atividade Policial e Carreira Única Policial, objetivando da mais efetividade as atividades de Polícia Judiciária na Bahia, melhorando seus indicadores de desempenho, como elucidação de crimes. Investir na atividade de investigação é primordial pra reduzir os índices criminais. Para Diego Messias, a vitoria só ocorreu devido a união dos Policiais do interior e da capital, que demonstraram que necessitam de mudanças e acreditaram nas propostas da chapa 1, afirmando: “vamos nos unir ainda mais é buscar junto ao Estado as demandas que tanto buscamos”.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.