Vaqueiro que se passava por policial e cometia estupros foi presos m Iguaí




Utilizando uma lanterna e uma arma, o vaqueiro Ivan Alves Santos, de 39 anos, abordava mulheres na saída de shows, dizendo ser policial, e as estuprava. O criminoso foi identificado pela equipe da Delegacia Territorial (DT), da cidade de Iguaí, onde os crimes ocorreram, e está sendo procurado.
Uma ação foi montada por equipes da DT/Iguaí, com o apoio de policiais militares, para prender Ivan, na quinta-feira (18). A polícia apurou que ele trabalha há 12 anos como vaqueiro, numa fazenda da zona rural da cidade.
Ao perceber a chegada dos policiais, Ivan fugiu em direção a uma mata. Na casa dele a polícia apreendeu uma lanterna de LED, utilizada por ele para ofuscar a visão das vítimas e intimidá-las, uma espingarda, calibre 12, e um revólver, calibre 32.
As buscas prosseguem para capturar Ivan, que será indiciado pelos crimes de estupro e posse ilegal de arma.

Ipolítica 

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.