PF deflagra operação de combate a crimes eleitorais

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (24) a Operação Olhos de Lince de combate a crimes relacionados às eleições deste ano. A investigação é resultado de acompanhamento da PF de redes sociais com objetivo de identificar e de evitar possíveis crimes eleitorais, além de ameaças aos candidatos que concorrem nas eleições. A PF apura os crimes de violação do sigilo do voto e de incitação ao crime de homicídio. Segundo investigadores, para a identificação dos alvos foram utilizadas técnicas de reconhecimento facial, por meio de critérios científicos, que possibilitam a identificação dos suspeitos de forma precisa. Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em quatro estados – São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul. A PF também intimou investigados a prestarem depoimento. As ações fazem parte das atividades do Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral. Ao todo, a PF deflagrou nove ações nas cidades de São Paulo e Sorocaba (SP); Uberlândia, Varginha e Juiz de Fora (MG); Caxias do Sul (RS); e Recife (PE).

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.