Ônibus que vai para Cabrália não entra em Porto Segurou por não pagar taxa exigida



A prefeitura de Porto Seguro, extremo sul da Bahia, determinou que os ônibus de turismo e vans devem pagar uma taxa para entrar na cidade. O valor pode chegar a dois mil reais. A medida está em vigor desde a segunda (8).
Nesta semana, um grupo de turistas da cidade de Ibotirama que seguia para Cabrália foi impedido de entrar em Porto Seguro porque não tinham pago a taxa exigida pelo município. Segundo o motorista do ônibus, eles não tinham condições de pagar a referida taxa. Assim, o grupo retornou e deixou o ônibus em Pindorama, seguindo a viagem em um ônibus circular até o destino.
De acordo com a prefeitura de Porto Seguro, a cobrança tem o objetivo de minimizar o impacto do tráfego de veículos nas ruas e avenidas da região central e na orla norte da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.