Cadastro biométrico tem início a partir de novembro em diversas cidades da Bahia

Foto TRE - Cadastramento biométrico 

Itabuna, Itapé, Jussari, Teixeira de Freitas, Medeiros Neto e Itarantim estão entre os 38 municípios baianos com início do cadastramento biométrico obrigatório na segunda-feira (5).Eleitores dessas localidades devem comparecer aos cartórios ou aos postos de atendimento da Justiça Eleitoral para o procedimento que se encerra em 22 de fevereiro de 2019.
O novo ciclo foi dividido em quatro fases. Nesta primeira etapa, além de  Itabuna, Itapé, Jussari, Teixeira de Freitas, Medeiros Neto e Itarantim, haverá cadastramento nos municípios de Água Fria, Anagé, Anguera, Barra do Choça, Candeias, Caraíbas, Catu, Cravolândia, Crisópolis, Dias D´Ávila, Glória, Ibirapuã, Irará, Itanagra, Itapicuru,  Lajedão, Lauro de Freitas e Maetinga.
O procedimento é obrigatório também para os eleitores de Mata de São João, Olindina, Ouriçangas, Paulo Afonso, Planalto, Potiraguá, Santa Brígida, Santa Inês, Santanópolis, Santo Amaro, Saubara, Serra Preta, Simões Filho e Ubaíra. Estão obrigados a fazer o cadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles cujo voto é facultativo e desejarem continuar a exercer o direito ao voto (analfabetos; eleitores com idade entre 16 e 18 anos; os maiores de 70 anos de idade).
O cidadão que não atender à convocação da Justiça Eleitoral terá o título cancelado e não poderá, por exemplo, obter passaporte, tomar posse em concurso público, renovar matrícula em instituição de ensino, entre outros impedimentos previstos no art. 7º do Código Eleitoral. Os eleitores não cadastrados de Itabuna, Itapé e Jussari deverão comparecer à rua Francisco Ribeiro Júnior, no centro de Itabuna.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.