Berlim faz protesto por violência no Brasil e homenageiam mestre Moa



Um ato contra o racismo e a favor de uma sociedade mais tolerante foi realizado na cidade de Berlim, na Alemanha, neste sábado (13). Durante a manifestação, foram exibidos cartazes em homenagem ao Mestre Moa do Catendê, morto no último domingo (7), e contra o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro.
O protesto foi feito sob o lema "Por uma sociedade aberta e livre: solidariedade em vez de exclusão". Segundo os organizadores, cerca de 240 mil pessoas compareceram. Em entrevista à imprensa local, o ministro alemão do Exterior, Heiko Maas, elogiou o ato. "Não nos deixaremos dividir, muito menos pelos populistas de direita", comentou.

Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.