Aplicativo de rede social é utilizado por Juiz para ouvir testemunha em audiência

Secom TRT5 (Franklin Carvalho, com foto da 3ª Vara de Ilhéus

Na tarde de terça-feira(25), o juiz titular da 3ª vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, utilizou meios tecnológicos para ouvir, durante audiência, uma testemunha que se encontrava em outra jurisdição. Através de um aplicativo de rede social, foi possível movimentar o processo que tramita no sul da Bahia. O procedimento é realizado com o conhecimento prévio das partes envolvidas e da testemunha. O uso do recurso tecnológico é autorizado pelo Código de Processo Civil de 2015.
A inovação, ao utilizar este recurso tecnológico vem facilitar e deixa de sobrecarregar outra vara, até mesmo porque, a pessoa pode ser ouvida na localidade em que reside, realizando-se a audiência. Para o Tribunal Regional do trabalho da 5ª Região (TRT 5), supre também a necessidade de provas. 

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.