Agentes de trânsito são vítimas de perseguição e ainda têm seus salários atrasados



Diretores do Sindicato dos Servidores e Servidoras Municipais de Itabuna (Sindserv), juntamente com alguns agentes de trânsito, denunciaram o atraso dos salários e a implacável perseguição do Coronel Santana, titular da Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran).
Muitos servidores ainda não receberam os salários de julho. Dentre eles, os agentes de trânsito, alvo preferencial Coronel Santana. Na entrevista, eles afirmaram que só retornarão ao trabalho quando os salários forem pagos. “Já disseram, inclusive, que os agentes de trânsito não merecem receber salários. Somos humilhados o tempo todo!”, reclama André Batista, agente de trânsito e diretor do Sindserv.
De acordo com o sindicato, a perseguição beira à insanidade. Eles denunciam que o Coronel retirou a atribuição dos fiscais de transportes, e por consequência a fiscalização dos transportes não está sendo realizada. “Para o secretário, perseguir os trabalhadores é mais importante do que prestar um serviço à população”, alfineta Wilmaci Oliveira, presidenta do Sindserv. “Não aguentamos mais tanto assédio. São maus tratos, xingamentos, perseguições constantes. É preciso dar um basta nisso”, conclui André.
Ipolítica

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.