Maria Alice: “Já tenho votos suficientes para aprovar regime estatutário”






Maria Alice 



A secretária de Governo de Itabuna, Maria Alice Pereira, disse nesta sexta-feira (17) que a gestão municipal tem certeza de que a mudança no regime de servidores de celetista para estatutário será aprovada na Câmara de Vereadores. O tema deverá voltar à pauta do Legislativo dia 29 de agosto. 
A secretária de governo afirmou que “tenho votos suficientes para aprovar o projeto. Os sindicatos que estão nessa ‘tumultuação’. Das 154 emendas, 99 por cento foram atendidas”, respondeu, quando perguntada sobre o impasse com o funcionalismo. 
A secretária, tida como “dama de ferro”, foi questionada sobre quantos votos já tem assegurados para o projeto passar, mas ela – obviamente – não entregou. A reportagem argumentou que dois vereadores – Nel do Bar (PPS) e Zico (PTC) – que seriam da base, se manifestaram contrários ao projeto de lei. 
“Eles ficaram emocionados, Câmara cheia, mas democracia é isso, é liberdade de expressão. Estamos acostumados, é o quinto mandato. Tenho voto suficiente para aprovar o projeto”, disse ela, com voz mansa – quase uma “dama de louça”. 
Quando tentamos saber que algum desses votos são edis que não integram a base, ela disse, num riso contido: “Também”. 
POR QUE MUDAR? 
Com relação ao regime que guia a carreira dos servidores, Maria Alice afirmou que, na Bahia, apenas Itabuna e Itapetinga seguem o celetista.De acordo com a secretária, as finanças do município impõem medidas para que não fique inadimplente. Já são pagos mensalmente R$ 1,354 milhão, entre FGTS de anos anteriores e do presente. Sanar tais pendências é necessário para obter a Certidão Negativa de Débitos (CND), sem a qual não consegue recursos para obras. 
   
 (Diário  da Bahia)

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.