Câmara e sindicatos entram em acordo e plenário é desocupado






Acordo firmado em audiência de conciliação nesta quinta-feira, 16, garantiu reintegração e manutenção de posse do imóvel da Câmara Municipal de Itabuna. Participaram da audiência os representantes do Legislativo, dos sindicatos dos servidores municipais e do Ministério Público.
O Plenário Raymundo Lima, onde os servidores estavam acampados desde a segunda-feira, 13, foi desocupado por volta das 11h30m. A ocupação foi uma manifestação dos servidores municipais contra o projeto de lei, proposto pelo Executivo, que visa a mudança do regime celetista pelo estatutário e promete instituir ainda o Estatuto dos servidores.
Na audiência de conciliação ficou acordado que o presidente da Câmara, vereador Chico Reis (PSDB), adiará para o dia 29, às 14h, a primeira sessão plenária que discutirá o projeto. O presidente explicou que nesse prazo os sindicatos e o Ministério Público tentarão ampliar o diálogo com o Poder Executivo. A mesa diretora da Câmara também se comprometeu a passar as informações sobre as discussões após a sessão plenária.
Nessa sexta-feira, 17, às 9 horas, no gabinete do prefeito, haverá uma audiência para discutir a mudança do regime jurídico. Será composta por vereadores, Ministério Público, sindicatos e Procuradoria Municipal.

(Ipolítica)

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.