Hospital de Ilhéus é acusado de negligência; bebê morre

Elane Teixeira de Sousa, 20 anos, procurou o Blog do Gusmão, com o propósito de falar à imprensa sobre as circunstâncias da morte da filha esperada por sua tia, Nelma Teixeira. Ambas conversaram hoje (20) com a nossa reportagem. Elane conta que a equipe do Hospital São José, em Ilhéus, constatou o falecimento do bebê na última sexta-feira (16), depois de ter tratado a gestante com “negligência”. Usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), Nelma de Sousa Teixeira tem 26 anos e vive numa comunidade tupinambá em Águas de Olivença, em Ilhéus. Segundo Elane, apesar do apoio que a sua tia recebeu durante o pré-Natal, a Secretaria Especial de Saúde Indígena, órgão do Ministério da Saúde, nesse caso, revelou-se incapaz de interceder efetivamente em defesa do direito à saúde dos indígenas. Completa

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.