Lula é condenado por unanimidade e desembargadores aumentam pena

  O ex-presidente Lula foi condenado por unanimidade pelo TRF4 e teve sua pena firmada para 12 anos e um mês de prisão. O último juiz a falar foi Victor Laus. Ele abriu sua manifestação defendendo também a Operação Lava Jato –falou em "talento" das autoridades envolvidas. Foram 3 a 0. Ainda cabe recurso. O juiz ainda disse que, no caso dos funcionários da OAS, cada depoimento trouxe um elemento a mais de prova para o processo. Ele afirmou que o depoimento do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, não pode ser desqualificado apenas por ser réu na ação. Pinheiro fez uma série de acusações contra Lula em audiência no ano passado. O juiz abriu sua fala defendendo o trabalho e a legitimidade do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. As falas ocorrem um dia depois de o ex-presidente reunir lideranças petistas e milhares de pessoas no centro de Porto Alegre em um ato crítico à Justiça. A sessão da corte começou às 8h30, com menos de uma hora de intervalo às 14h.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.