PF faz operação de busca e apreensão no TJ-BA



PF faz operação de busca e apreensão no TJ-BA As salas visitadas pelos agentes, durante Operação Vortigern, são ocupadas por desembargadores; objetivo é investigar o vazamento de informações sob sigilo no TJ-BA
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil
A Polícia Federal realiza uma operação de busca e apreensão em salas no Tribunal de Justiça da Bahia nesta sexta-feira (7). Denominada “Vortigern”, a ação tem como objetivo investigar o vazamento de informações sob sigilo no TJ-BA. Um dos alvos seria o desembargador Olegário Monção Caldas.

Por determinação do Ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), são cumpridos três mandados de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva. Ao todo, 20 agentes participam dos trabalhos desde as 6h, segundo informou a assessoria da PF ao bahia.ba.

Todas as medidas acontecem na Região Metropolitana de Salvador. Por se tratar de um inquérito judicial, a Polícia Federal não irá realizar entrevistas nem tampouco detalhar o caso.

Vortigern e Rowena – O nome da operação é uma referência a Vortigern e Rowena, um texto dramatúrgico apócrifo falsamente atribuído a William Shakespeare.

Fonte Bahia Noticias

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.