Suspensão de inquérito contra Temer no STF só será analisada após entrega de perícia de áudio

Suspensão de inquérito contra Temer no STF só será analisada após entrega de perícia de áudio
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) apenas irá analisar a suspensão do inquérito do presidente Michel Temer quando receber a perícia do áudio em que o chefe do Executivo foi gravado em conversa com o empresário Joesley batista, dono da JBS. A decisão foi realizada pela presidente da Corte, Cármen Lúcia nesta segunda (22).  O relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, entregou um requerimento à presidente para que a suspensão fosse realizada ainda nesta segunda. No entanto, o encaminhamento de ordem foi condicionado à conclusão e junção aos autos da perícia. "A gravidade e urgência da deliberação do Plenário conduzem-me a liberar a pauta. Quando o Ministro Relator avisar estar habilitado a levar a questão, o pedido será julgado em sessão que será comunicada previamente aos Ministros deste Supremo Tribunal", escreveu Cármen Lúcia no despacho. Temer é acusado de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa por conta do conteúdo do áudio divulgado gravado por Joesley.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.