Chapecoense nega interesse em Bruno e torcedores agradecem nas redes sociais

A Chapecoense desmentiu o boato sobre possível contratação do goleiro Bruno Fernandes, 32, acusado de ser o mandante do assassinato da ex-amante Eliza Samúdio. Segundo informações que circulam nos bastidores, o goleiro foi procurado por pelo menos nove clubes – dois da Série A do Campeonato Brasileiro, desde que obteve liminar no (STF) Superior Tribunal Federal e deixou a prisão. No entanto, a Chapecoense afirma que não faz parte dessa lista.

0 comentários:

Postar um comentário

Não sera permitido a publicação de comentário com palavra de baixo calão.